Corinthians fica no empate com o Palmeiras em Itaquera

Por Redacao 05/08/2019 - 09:13 hs

O Corinthians ficou no empate com o Palmeiras no Derby pelo Campeonato Brasileiro neste domingo (04). Marcando um gol logo no início do primeiro tempo, a equipe levou o empate no começo da segunda etapa e lutou, mas não conseguiu tirar a igualdade do placar, que terminou 1 a 1. Com o resultado, o Timão chegou a sétima colocação, com 20 pontos.


O Corinthians começou a partida tendo maior posse de bola, mas Cássio foi o primeiro a trabalhar. Aos cinco minutos, em jogada pela direita, Deyverson completou cruzamento chutando à queima-roupa e o goleiro, que vestiu a faixa de capitão no confronto, fez grande defesa. Ao oito minutos, nova intervenção do arqueiro corinthiano, que se esticou para defender chute cruzado do atacante rival.

Aos 11 minutos, Fagner fez bola jogada pela direita e sofreu falta. Na cobrança, o meia Sornoza cruzou com perfeição na cabeça de Manoel, que subiu livre de marcação e estufou a rede, abrindo o placar para o Alvinegro e explodindo a torcida.

O gol e o grito da torcida soltaram o Corinthians em campo. O time passou a tocar melhor a bola e conseguir avançar pelos dois lados. Aos 14 minutos, Danilo Avelar e Clayson tabelaram pela esquerda e o atacante chutou colocado no ângulo de Weverton. Aos 20 minutos o Timão puxou contra-ataque rápido pelo centro do gramado. Junior Urso recebeu na intermediaria, chutou e a bola desviou na zaga, quase encobrindo o goleiro rival.

Aos 24 minutos, Danilo Avelar e Clayson fizeram nova trama pela esquerda e o lateral sofreu falta. Sornoza cruzou na área, Avelar desviou e, após bate-rebate, Felipe Melo empurrou contra o próprio gol. A zaga rival afastou pela linha de fundo, mas o trio de arbitragem ficou em dúvida e, após três minutos, o juiz Anderson Daronco solicitou o VAR e mandou o lance seguir em cobrança de escanteio.

Aos 38 minutos, voltou a brilhar a estrela de Cássio. O goleiro saiu bem do gol e defendeu novo chute de Deyverson. Sem a bola no pé, o time rival cometeu muitas faltas, parando as jogadas ainda no meio-campo, mas o Corinthians voltou a imprimir seu toque de bola. Aos 39, Pedrinho levou uma entrada feia do lateral Diogo Barbosa. O árbitro aplicou o cartão amarelo no atleta rival. Ele cometeu uma nova falta poucos segundos depois pela direita, desta vez em Fagner, que Sornoza cruzou na área e Weverton pegou.

Aos 44 minutos, Clayson recuperou bola no ataque e fez boa jogada pela esquerda, sofrendo falta de Felipe Melo. Na cobrança, Sornoza chutou no canto e Weverton defendeu. Foi o último lance de perigo da primeira etapa, que terminou com vitória por 1 a 0 na Arena.


O Corinthians voltou para o segundo tempo com a mesma equipe que encerrou o primeiro tempo, e pressionou o rival na marcação. Logo no primeiro minuto, Pedrinho e Fagner tabelaram pela direita e o atacante cruzou na área, e Weverton saiu do gol para defender. Aos três minutos, no entanto, saiu o gol de empate do rival, com Felipe Melo completando de cabeça um cruzamento de Deyverson.

Aos nove minutos, Clayson recuperou bola na esquerda e fez grande jogada. O camisa 25 deixou Felipe Melo no chão e tocou para Love, que abriu a jogada para Pedrinho. O jovem atacante ajeitou e chutou da intermediária, e a bola foi por sobre o gol rival.

os 15 minutos Carille colocou Mateus Vital em campo, tirando o equatoriano Sornoza. E o jovem meia entrou ligado em campo, roubando uma bola de Willian em ataque rival. Aos 19, Fagner lançou bola em profundidade na área para Clayson. O atacante correu, mas não alcançou a bola e o goleiro rival defendeu.

Aos 21 minutos, Mateus Vital roubou bola na esquerda e avançou para a intermediária, sofrendo falta de Felipe Melo. O volante rival levou cartão amarelo. Na cobrança, Clayson cruzou no segundo pau e Gil cabeceou com perigo, mas a arbitragem assinalou impedimento. Aos 23, o camisa 25 tabelou com Vital e cruzou na área, mas a bola sobrou do lado direito. Fagner cruzou com perigo e o goleiro adversário segurou.

Aos 26 minutos, Carille colocou Matheus Jesus em campo, tirando Gabriel. Dois minutos depois, Cássio fez grande defesa: em cruzamento na área, Deyverson cabeceou e o goleiro fez grande defesa.

Pressão corinthiana
Aos 36 minutos foi a vez de Everaldo ir para o jogo, no lugar de Clayson. A alteração fez o time ganhar ânimo no ataque. Aos 39, Fagner foi puxado na entrada da área pela direita. Na cobrança, Danilo Avelar chutou forte e Weverton, colado à trave, espalmou. Três minutos depois, Love sofreu falta na esquerda. Mateus Vital cruzou e a zaga rival afastou o perigo.

Aos 44 minutos, Fagner cruzou na área e Manoel subiu para cabecear, mas o árbitro marcou falta. Aos 46, o lateral pressionou na marcação e ganhou um escanteio. Aos 48 contra-ataque rival: Dudu cruza na área e Deyverson cabeceia, para grande defesa de Cássio. E foi o último lance do jogo, que terminou empatado em 1 a 1 na Arena.

Próximos jogos


O Corinthians volta a campo nesta quarta-feira (07), em jogo atrasado da sétima rodada. Também na Casa do Povo, o Alvinegro enfrenta o Goiás, às 19h15. No fim de semana, é a vez do Timão enfrentar o Internacional pela 14ª rodada, no domingo (11), fora de casa, às 11h. No dia 17, será a vez do Botafogo, na Arena, às 17h. (Foto:Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)